FIDES REFORMATA ONLINE

Artigo: O Poder da Arte Literária no Apocalipse: Um Estudo do Uso do Antigo Testamento em Apocalipse 12.1-6 (Volume XX)

Por Leandro Antônio de Lima

Resumo

O livro do Apocalipse é um dos mais lidos e pesquisados ao longo da história, tanto de uma perspectiva popular quanto acadêmica. Por seus simbolismos e descrições catastróficas, causou grande influência no mundo ocidental, deu nome a um gênero específico de literatura antiga (a literatura apocalíptica) e foi objeto de estudos, ilustrações e temas de romances por quase dois mil anos. Apesar de toda essa “popularidade”, o livro foi pouco avaliado a partir de suas qualidades literárias e da arte de sua narrativa, a não ser por meio de estudos críticos que estiveram mais preocupados em fragmentá-lo em fontes desconexas do que em entender a riqueza de sua confecção literária. Mesmo entre os estudiosos conservadores, a preocupação tem estado mais em encontrar subsídios para sistemas teológicos ou respostas para angústias dos tempos em que viveram seus intérpretes. Uma análise cuidadosa de seus recursos literários, contudo, revela a grandiosidade de seu estilo, o senso de seus propósitos e a unidade da obra. Em suas ricas relações intertextuais com o Antigo Testamento, especialmente o Gênesis, usando poderosos recursos literários por meio de descrições fantásticas, o Apocalipse interpreta as Escrituras Hebraicas e transmite uma mensagem instigante ao povo de Deus, trazendo uma interpretação do inimigo, o dragão que se lhe opõe, e explicando assim, espiritualmente, a paradoxal realidade do cristianismo do primeiro século, que enfrentava a perseguição incipiente do Império Romano. Ao se considerar a arte da narrativa do texto do Apocalipse, não só o livro fica muito mais extraordinário para o leitor, como seus significados teológicos e morais se tornam mais acessíveis.

Palavras-chave

Análise literária; Arte da narrativa; Uso do Antigo Testamento no Novo Testamento; Apocalipse; Apocalipse como literatura; Apocalipse 12.

Sobre o autor

Bacharel em Teologia pelo Seminário Presbiteriano JMC – SP (1999). Mestre em Teologia e História pelo CPAJ – SP (2003). Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Mackenzie – SP (2010). Doutor em Letras pela Universidade Mackenzie (cum laude), com tese sobre o livro de Apocalipse (2012). Doutorando em Exegése Bíblica e Teologia Sistemática pela Theological University Kampen – Holanda, com tese sobre Apocalipse 20. No CPAJ atua nas áreas de Teologia Exegética e Teologia Sistemática. Dentre vários livros e artigos, autor de: Razão da Esperança – Teologia para hoje (2006, Editora Cultura Cristã). As Grandes Doutrinas da Graça (10 volumes pela Editora Odisseu, 2007-2012). Brilhe a sua luz: o cristão e os dilemas da sociedade atual (2009, Cultura Cristã). O Futuro do Calvinismo: os desafios e oportunidades da pós-modernidade para a Igreja Reformada (Cultura Cristã, 2010). A Grande Batalha Escatológica (2016 – Agathos). Autor de uma trilogia intitulada Crônicas de Olam (vol 1 relançado pela Tolk, 2015). Pastor auxiliar da Igreja Presbiteriana de Santo Amaro – SP. Professor de Teologia Sistemática no Seminário JMC. Casado com Vivian e pai do Vicktor Daniel.

Clique aqui para baixar o artigo

“E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do SENHOR.” Isaías 11.2
> Newsletter

Coloque aqui seu e-mail para receber nossos Boletins Informativos:

> Informações de Contato

ANDREW JUMPER
Centro Presbiteriano de Pós-Graduação
Rua Maria Borba, 44 - Vila Buarque
São Paulo - SP - Brasil - CEP: 01221-040

E-mail: atendimentocpaj@mackenzie.br
Tel: 011 2114-8644 - Fax: 011 3256-6611

Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper© 2014. Todos os direitos reservados.