FIDES REFORMATA ONLINE

Artigo: O PADRÃO ÉDEN: MODELO DE RESTAURAÇÃO DA CRIAÇÃO (Volume XII)

Por Jair de Almeida

Resumo

A preservação do Éden da corrupção do pecado sugere que Deus, que nada faz sem um propósito eterno, tem um objetivo específico para ele. Acreditamos que tal propósito contemple a habitação da natureza humana do Cristo glorificado, se a ordem natural da criação for observada. O Senhor necessitaria de um lugar físico para habitar, reassumindo assim, como novo representante da humanidade, agora redimida, o lugar de preponderância e governo perdido pela humanidade em Adão, quando este pecou. Existe a probabilidade de que a Nova Jerusalém seja o Éden urbanizado pelo Filho, sendo este, naquele lugar, o seu trabalho, responsabilidade e profissão. Mesmo urbanizado, o Éden ainda preserva a exuberância do Jardim, repleto de plantas e animais. Dessa forma, a soma do Cristo glorificado com o Éden constituir-se-ia em um modelo da restauração de todas as coisas: o Filho encarnado, para os eleitos; o Éden, para todos os demais seres.

Palavras-chave

Éden; Padrão; Habitação; Cristo glorificado; Criação; Humanidade. Jair de Almeida

Sobre o autor

O autor é bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Rev. José Manoel da Conceição, bacharelando em teologia na Universidade Presbiteriana Mackenzie, mestre em teologia pelo CPAJ (Novo Testamento) e pastor titular da 1ª Igreja Presbiteriana de Itajaí, SC.

Clique aqui para baixar o artigo

“E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do SENHOR.” Isaías 11.2
> Newsletter

Coloque aqui seu e-mail para receber nossos Boletins Informativos:

> Informações de Contato

ANDREW JUMPER
Centro Presbiteriano de Pós-Graduação
Rua Maria Borba, 44 - Vila Buarque
São Paulo - SP - Brasil - CEP: 01221-040

E-mail: atendimentocpaj@mackenzie.br
Tel: 011 2114-8644 - Fax: 011 3256-6611

Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper© 2014. Todos os direitos reservados.