FIDES REFORMATA ONLINE

Artigo: AS LENTES DO TRADUTOR E DO EXEGETA: UM ENSAIO EM METODOLOGIA EXEGÉTICA APLICADA AO ANTIGO TESTAMENTO COM ESTUDO DE CASO EM JEREMIAS 1.11-12 (Volume XII)

Por Fabiano Antonio Ferreira

Resumo

As traduções da Bíblia, apesar de todo o esforço empreendido pelos tradutores, nem sempre conseguem espelhar todos os traços intralingüísticos dos textos em suas línguas originais. Muitas vezes as peculiaridades dos planos fonético, morfológico, sintático, semântico ou estilístico ficam latentes na língua original, sem sequer serem tocados pelos tradutores e vazados na tradução. Quando bem feita, a tradução desencadeia operações idênticas às realizadas na produção do texto original, sendo assim um processo de retextualização ou nova produção do mesmo texto na língua receptora da tradução. Contudo, nem sempre o tradutor consegue um nível perfeito de intertextualidade entre seu texto traduzido e o texto original, por conta das peculiaridades da língua original e da língua receptora da tradução. Portanto, é exatamente neste ponto que o conhecimento das línguas originais se torna importante para a tarefa da interpretação, constituindo um meio mais rápido para o resgate da intenção do autor original. Neste artigo, retendemos demonstrar através de nosso estudo de caso, o texto de Jr 1.11-12, que o conhecimento da língua original do texto pode ser o meio mais rápido para a apreensão do sentido tencionado pelo autor sagrado. Veremos também que, na grande maioria dos casos em que a chamada do texto é intralingüística, prescindir do conhecimento da língua original pode dificultar a exegese e nos deixar aquém do sentido do texto e em busca de interpretações menos óbvias.

Palavras-chave

Tradução Tradutor Retextualização Interpretação Hermenêutica Exegese Línguas originais Paronomásia Intraduzibilidade Fabiano Antonio Ferreira

Sobre o autor

O autor obteve o grau de Bacharel em Matemática pela FAHUPE, no Rio de Janeiro, e estudou hebraico na UFRJ. É aluno do Mestrado em Antigo Testamento no CPAJ. É professor da Faculdade de Ciências e Biotecnologia da CGADB, no Rio de Janeiro e, a partir de dezembro de 2007, estará pastoreando a Igreja da Obra da Restauração, em Filadélfia, nos Estados Unidos.

Clique aqui para baixar o artigo

“E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o Espírito de sabedoria e de entendimento, o Espírito de conselho e de fortaleza, o Espírito de conhecimento e de temor do SENHOR.” Isaías 11.2
> Newsletter

Coloque aqui seu e-mail para receber nossos Boletins Informativos:

> Informações de Contato

ANDREW JUMPER
Centro Presbiteriano de Pós-Graduação
Rua Maria Borba, 44 - Vila Buarque
São Paulo - SP - Brasil - CEP: 01221-040

E-mail: atendimentocpaj@mackenzie.br
Tel: 011 2114-8644 - Fax: 011 3256-6611

Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper© 2014. Todos os direitos reservados.