Fides Reformata
Home Fides Reformata

Fides Reformata 21 N2

Volume XXI

 

Número 2- 2016

+ EDITORIAL

 

Esta nova edição da revista Fides Reformata traz artigos e resenhas com um forte teor ministerial. Como é a orientação editorial da publicação, busca-se aliar profundidade teológica com aplicação prática. E esta edição, particularmente, evidencia isso de uma maneira notável.

 

O primeiro artigo, assinado por Giuliano Letieri Coccaro, “Pregando num ‘mar de mudança’: contribuições a partir do conceito de contextualização de Newbigin”, é um diálogo e avaliação do pensamento de Lesslie Newbigin sobre pregação contextualizada, destacando os dois aspectos principais dessa abordagem: fidelidade e relevância. Dario de Araújo Cardoso segue a tônica da pregação em seu artigo intitulado “O calvinismo e a pregação indiscriminada do Evangelho”, porém abordando o aspecto evangelístico da mesma, mais especificamente o tema da importância da evangelização na teologia reformada e sua total compatibilidade com a doutrina da eleição. “Normas éticas para líderes educacionais” é o terceiro artigo, assinado por Solano Portela, que tem o objetivo de orientar o líder educacional sobre o que se espera dele, antes de que ele tenha algo a dizer ou ensinar.

 

Heber Carlos de Campos Júnior traz uma importante contribuição para a divulgação do pensamento de Jonathan Edwards em terras brasileiras. Apesar do nome ser bastante conhecido, percebe-se que nem sempre sua teologia ou filosofia o são. Em “Jonathan Edwards sobre a liberdade humana: reformado ou não?”, o autor avalia o debate moderno sobre se o texto do teólogo americano pode ou não ser considerado reformado. Teologia ministerial é o foco do artigo “Os perigos do Movimento de Crescimento da Igreja (MCI) e a revitalização de igrejas”, escrito por Jedeías de Almeida Duarte. O artigo traz uma importante avaliação do movimento de crescimento de igrejas, apontando os perigos do pragmatismo e buscando uma abordagem equilibrada. O artigo que fecha esta edição, em inglês, aborda o tema do “entretenimento” a partir de uma perspectiva cristã. Foi escrito por Emílio Garofalo Neto e seu título é “Towards a biblical ethics of entertainment: an investigation regarding boundaries”.

 

Quatro resenhas completam a revista: Sal da terra em terras dos brasis (Wadislau M. Gomes), escrita por Norma Cristina Braga Venâncio; The Trinity and the vindication of Christian paradox: an interpretation and refinement of the theological apologetic of Cornelius Van Til (Brant Bosserman), por Gustavo Vilela Monteiro; Caridade e seus frutos: um estudo sobre o amor em 1 Coríntios 13 (Jonathan Edwards), assinada por Fábio Luciano Soares e Santos, e Investigação sobre a mente humana segundo os princípios do senso comum (Thomas Reid), de Donizeti Rodrigues Ladeia.

 

Assim, temos a convicção de colocar nas mãos do leitor brasileiro e internacional uma teologia de excelente qualidade, profunda e prática.

 

 

Dr. Leandro Lima
Editor

ARTIGOS

RESENHAS

VERSÃO ONLINE